Articulação do Joelho
Publicado em 04/01/2010

Por Ft.David Homsi - Neste meu primeiro artigo de 2010, vou descrever um pouco da articulação do joelho, função de suas estruturas  e mecânismos de lesão.

O joelho é uma articulação formada pela extremidade distal do fêmur, pela extremidade proximal da tíbia e pela patela ( antigamente chamada de rótula )

O joelho ainda possui ligamentos que estabilizam a articulação( ligamento colateral lateral, ligamento colateral medial, ligamento cruzado anterior, ligamento cruzado posterior ), auxiliados pelos meniscos (interno ou medial e externo ou lateral), que estabilizam o joelho em conjunto com os ligamentos e tendões, e amortecem os impactos sobre as cartilagens.

O principal para uma boa reabilitação do joelho e/ou para uma boa prevenção de lesão do mesmo, preconizamos a estabilidade da articulação.

A configuração óssea, os meniscos, os ligamentos, a cápsula e os músculos que cercam a articulação do joelho produzem a sua estabilidade. Hoje temos várias formas de testar a estabilidade do joelho, seja através de testes específicos ( gaveta anterior e posterior, lachmann ) como também o exame isocinético, através dele verificamos como a musculatura que age no joelho está, quanto em força, potência e resistência.

Os ligamentos são os estabilizadores primários para a translação anterior e posterior, angulação vara e valga, e para a rotação interna e externa da articulação do joelho. O ligamento cruzado anterior (LCA) é a restrição predominante ao deslocamento tibial anterior, conta o Fisioterapeuta David Homsi.

 - Funções dos ligamentos e tendões que agem no joelho:

LCA – Ligamento cruzado anterior:  prevenir anteriorização da tíbia em relação ao fêmur, lesões comuns em jogadores de futebol devidoa rotação emtorno do mesmo eixo com pé fixo ao solo associado a movimentos de aceleração, desacelereção e mudanças bruscas de movimentos.

LCP – Ligamento cruzado posterior: prevenir deslizamento posterior da tíbia em relação ao fêmur

Ligamento Patelar: Também Chamado de Tendão Patelar pelo motivo de nao existir uma separação definida entre o tendao do quadriceps (o qual envolve a patela). Local comum de lesões em atletas de corrida, saltadores ( jumpers Knee ), atletas de futebol, voley, basquete, dentre outros.

LCM – Ligamento colateral medial: O Ligamento Colateral Medial protege a parte medial do joelho de ser aberto por uma força aplicada nas laterais do joelho, força em valgo.

LCL – Ligamento colateral lateral: o Ligamento Colateral Lateral protege as laterais do joelho de uma força interior, força em varo.

David Homsi lembra que uma boa reabilitação é a chave para o retorno à prática esportiva.

 

Ficheiro:Gray348.png